Notícias

OS 9 PASSOS PARA FAZER UMA MASSAGEM SENSUAL EM SUA PARCEIRA

pousada_ipes OS 9 PASSOS PARA FAZER UMA MASSAGEM SENSUAL EM SUA PARCEIRA (Foto: Divulgação)

Não é qualquer homem que sabe tocar o corpo de uma mulher com maestria. Na verdade, aqueles que o fazem com autoridade são poucos. Ao menos é o que elas sempre disseram por aí.

Por isso, quando uma mulher encontra um cara que sabe o que faz ao estimular seu corpo, esse cara ganha status de divindade. Quer ver isso acontecer? Ofereça-lhe uma massagem vaginal.

Há uma técnica de massagem tântrica chamada Yoni Massagem, que foca na estimulação da vagina. Essa é uma atividade séria, que necessita estudo e treinamento para ser aplicada e não temos a menor pretensão de ensiná-la aqui.

No entanto, há alguns movimentos e ideias filosóficas da Yoni Massagem que podem ser utilizados na intimidade para proporcionar prazeres imensuráveis ao casal.

Em artigo da especialista da Adina Rivers, ela explica alguns passos cruciais para realizar uma massagem vaginal. Então vamos destrinchar as dicas para vocês. Experimente e veja se sua parceira não passará a te olhar de outra forma.

A MASSAGEM VAGINAL


Antes de qualquer coisa é preciso que vocês estejam num ambiente que impulsione sua parceira ao relaxamento. Temperatura ideal, fragrância gostosa, música ambiente… Tudo isso favorece para que vocês se entreguem a experiência.

Depois, considere a massagem além do prazer pelo prazer. Voc? vai despertar energias profundas na mulher e ela precisa sentir confiança em você. Então procure uma conexão mais profunda com ela.

E, por último, antes de começar, saiba que nesse momento você ofertará e ela receberá. Ponto. É importante que a mulher se entregue total à massagem, então você não será estimulado, apenas elas.

Mas fique tranquilo, porque depois da massagem ela provavelmente vai querer retribuir o prazer. Vamos lá?

PASSO #1: MASSAGEIE O CORPO

Aqui você ainda não vai massagear a vagina diretamente. O corpo de uma mulher funciona diferente do de um homem. Enquanto nós precisamos apenas de um olhar para ficar em ponto de bala, elas necessitam de longos minutos.

Massageie todo o corpo da parceira antes, assim você vai acordar todo o seu organismo para o prazer, e não deixá-lo focado somente na vagina. Isso vai aumentar as possibilidades de prazer dela em níveis exponenciais, além de ajudá-la a relaxar para o que virá depois.

Nesse passo, não toque na vagina. Seja paciente: não demore menos do que uns 10 minutos aqui. Use um óleo de massagem para ficar ainda melhor.

PASSO #2: OSSO PÚBICO


É hora de se aproximar da vagina. Antes de tocá-la diretamente, estimule o osso púbico, que fica abaixo do chamado “Monte de Vênus”, na altura dos pelos pubianos. “Deslize seus dedos sobre seu osso púbico”, diz Adina, “fazendo movimentos circulares firmes com as pontas dos dedos.”

PASSO #3: ESFREGUE, CIRCULE, APERTE

“Usando os dedões ou dedos indicadores, esfregue para cima e para baixo sua virilha, apertando e unindo gentilmente seus lábios vaginais“, afirma Adina.

“Você pode alternar, um lado para cima e outro para baixo. Faça movimentos circulares com os dedos na mesma área, e então gentilmente aperte e una seus lábios. Vire as costas da sua mão para ela, segure seus lábios entre os dedos e mova-os para cima e para baixo.”

Realize esses movimentos com tranquilidade e perceba a resposta da mulher. Ainda não introduza o dedo na vagina e nem foque no clitóris. E não esqueça de acrescentar lubrificante.

PASSO #4: ACARICIE O PERÍNEO


Depois de ter tocado seus lábios, desça os movimentos até o períneo, a região entre a vagina e o ânus. “Com um dedo, acaricie a vagina descendo desde o osso púbico, entre seus lábios, sobre seu clitóris, entre seus lábios internos, passando pela abertura da vagina até o períneo”, ensina Adina.

“Essa é uma área muito sensível, cheia de nervos. Na verdade, pode até mesmo disparar o próprio orgasmo. Continue nesse movimento por uns dois minutos, sem fazer forte ou rápido. Aproveite a sensação de tocar sua mulher, observando a beleza de sua vagina, sentindo seu corpo responder.”

PASSO #5: INCLUA A URETRA

Isso mesmo, o canal por onde sai o xixi faz parte da brincadeira. “Entre seu clitóris e a abertura da vagina tem uma almofada de carne onde fica a uretra“, diz Adina.

“Às vezes está mais estreita, às vezes mais ampla. Esse é o ponto externo de estimulação do Ponto-G. Se você sentir um osso por detrás de onde está estimulando, então está no lugar certo. Coloque uma leve pressão com a ponta do dedo e esfregue em círculos por essa área.”

PASSO #6: PARTA PARA O CLITÓRIS

Agora é hora de ir para o ponto mais sensível da vagina, onde há mais de 8 mil nervos.

“Coloque dois dedos em cada lado da capa do clitóris dela, esfregue para cima e para baixo, um para cima, um para baixo, apertando gentilmente o clitóris entre seus dedos”, sugere Adina.

“Com a ponta de um dedo na cabeça do clitóris, como uma pluma faça movimentos circulares, esfregue para cima e para baixo.”

PASSO #7: A ENTRADA DA VAGINA

“Faça movimentos circulares devagar na entrada de sua vagina com um dedo, permitindo que ela te convide a entrar”, diz Adina. “Dentro de sua vagina há um mundo de prazer. Mais uma vez, devagar.

PASSO #8: O MÍSTICO PONTO-G

E lá vamos nós para o polêmico Ponto-G. “Faça movimentos circulares na parede superior da vagina, indo cada vez mais fundo: você está exatamente no Ponto-G dela”, ensina Adina. “O Ponto-G é uma glândula que tem muitos canais. Está conectado com sua fertilidade e seu equilíbrio hormonal.”

“Conforme ela for ficando excitada, o que acontecerá com toda a estimulação externa, você sentirá a pele sob seus dedos mudando de textura, tornando-se enrugado, como veludo. Ele vai inchar ligeiramente.”

“Dê esfregadas superficiais na região, aprofundando aos poucos”, diz Adina. “Com seus dedos introduzidos profundamente em sua vagina, esfregue para frente e para trás na parede superior. Enquanto está fazendo isso, pressione seu Ponto-G por cima (na parte externa) com seus dedos.”

“Esfregue para fora e para dentro com seu dedos curvados em formato de banana. Comece devagar, tornando as esfregadas mais fortes e rápidas.”

PASSO #9: MISTURE ESTIMULAÇÃO VAGINAL E CLITORIANA

“Conforme o prazer dela intensifica, você pode incluir novamente o clitóris na brincadeira”, diz Adina. Essa é a hora de levá-la ao orgasmo, fazendo o estimulo vaginal e clitoriano juntos.

Pronto. Cada um desses passos devem ser realizados com muita calma. Não há pressa. Faça tudo com tranquilidade e observe com prazer sua parceira não se aguentar de tanto tesão. Depois de tudo isso se prepare, porque possivelmente ela vai querer que você sinta algo parecido.