Notícias

Masturbação a dois: enlouqueça com a técnica africana Kunyaza

pousada_ipes Masturbação a dois (Foto: aCQUA)

Na masturbação Kunyaza a mulher é a rainha! A técnica surgiu há mais de 150 anos e, segundo reza a lenda, um guarda teria sido escolhido para satisfazer os desejos sexuais da rainha, mas pelo nervosismo não deu conta do recado. Para resolver a situação, ele preferiu estimular o clitóris ao bater e friccionar o pênis na região. Isso fez com que a rainha tivesse orgasmos múltiplos e a técnica de masturbação feminina foi nomeada Kunyaza que significa “sexo molhado”. Afinal, ela pode liberar até UM LITRO de líquidos vaginais com o estímulo. Confira mais sobre a técnica e coloque em prática!

Estímulo externo

O homem deve segurar o pênis ereto e dar batidinhas leves no clitóris e nos lábios vaginais. Com movimentos em zigue-zague e circulares a área é estimulada. A vagina precisa estar com boa lubrificação, seja natural ou não, para que o estímulo não fique desconfortável no início.

Estímulo interno

Na segunda etapa o estímulo é pela penetração. Novamente o homem segura o pênis e introduz na vagina vagarosamente. Não só o vaivém, mas também movimentos horizontais, verticais e circulares são bem-vindos, sempre lentos. Ele pode alternar essas ações com a penetração tradicional.

Tem que ser com jeitinho

A grande estrela desta técnica é a mulher, por isso, o moço deve se deixar guiar. Além disso, a força nos movimentos não ajuda em nada: o grande segredo é ter jeito. Uma carícia mais leve pode causar sensação de prazer muito mais intensa do que outra que imprime força.

Aproveite a técnica

O mais interessante da Kunyaza é que a masturbação é feita a dois. Isso propicia que um conheça melhor o corpo do outro bem como as carícias que mais despertam tesão. Por isso, treine e coloque em prática a técnica que os orgasmos múltiplos serão certos!

Venha praticar no VemK Motel! Nós estamos esperando a sua visita!