Notícias

Sexo Oral na Mulher: 10 dicas para fazer bem feito

pousada_ipes Sexo Oral na Mulher (Foto: Divulgação)

Como fazer, que técnica utilizar, que produtos você poderá usar, por onde começar e como acabar um bom sexo oral é o que vou passar a você.

Nesse post irei deixar algumas dicas sobre sexo oral na mulher, que é um dos grandes prazeres e estímulos que você pode proporcionar na hora do sexo.

O sexo oral é uma das inúmeras possibilidades de sentir prazer, tanto para homens quanto para mulheres, mas saber fazer existe jogo de cintura, é preciso uma dose de percepção e atenção.

1) Surpreenda

O corpo da mulher é cheio de sensações prazerosas. Explore esse corpo.

Provoque nela a dúvida de se você vai chegar lá ou não. A expectativa é gostosa. Portanto, beije-a bastante, acaricie o corpo, beije a barriga, costela, passe para as coxas e pés.

Suba devagar, assim ela ficará louca e o prazer só aumentará.

2) Escolha uma posição confortável

Pode parecer besteira pensar nisso, mas não é.

Para um bom sexo oral na mulher, tanto pra quem recebe, quanto pra quem faz, é imprescindível estar confortável.

Se distrair por uma dor na perna, no quadril, nas costas, no pescoço não é legal para nenhum dos dois, não é?!

Portanto, escolha uma posição confortável e vá direcionando, conduzindo a mulher para essa posição, de forma que facilite os estímulos, além de contribuir para aumentar a expectativa do que está por vir.

3) Tenha calma

O clitóris é a região que mais proporciona prazer na mulher, mas não é o único.

Então, vá com calma, comece explorando, beijando e acariciando a parte interna da coxa, virilha, grandes lábios.

Vá contornando a região toda, beije, passe a língua na área acima dos pelos pubianos e deixe o clitóris por último. Dessa forma, ela ficará com mais vontade, mais excitada e mais preparada para o toque no clitóris.

Por mais que a língua é úmida e facilita o toque, o clitóris é muito sensível, então preparar o corpo da mulher, deixando-a mais excitada, é mais gostoso e prazeroso, e quando você chegar lá, ela não vai querer que você pare.

4) Seja paciente

O sexo oral é extremamente prazeroso, pois estimula o ponto mais sensível da mulher. Para algumas delas, o sexo oral serve mais como preliminar, para outras é a chave para atingir o orgasmo.

Contudo, o objetivo é sentir prazer, então tenha paciência. Procure observar a reação da mulher e deixe que ela lhe sinalize quando parar.

O ser paciente significa que pode demorar, umas mais outras menos, mas não fique preocupado com o tempo.

Apenas curta, se divirta e aproveite por proporcionar esse prazer à mulher.

5) Use a língua de forma delicada

Isso significa que não é pra deixar a língua dura. Isso não só é ruim, quanto é mais cansativo pra você.

Portanto, movimente a língua com leveza, de forma suave.

O movimento leve da língua deve ser usado na região toda da vagina, coxa, virilha, grandes e pequenos lábios, períneo (área entre a abertura da vagina e o ânus) e principalmente no clitóris.

Faça movimentos circulares, de vai e vem. Algumas mulheres gostam de movimentos mais rápidos, outras preferem movimentos mais devagar.

Varie, vá testando e observando, descubra o que é melhor para ela.

6) Varie sabores

Se você é daqueles que não se agrada muito com o cheiro da vagina ou o sabor da lubrificação, aposte em géis e cremes aromatizados.

Além de dar um sabor diferente e que pra você possa ser mais prazeroso, também pode proporcionar sensações diferentes na mulher.

7) Introduza o dedo


Essa dica também é importante e pode proporcionar ainda mais prazer à mulher. Porém, espere um tempo, não use todos os recursos no mesmo momento.

Não se esqueça, tenha calma, vá devagar. Espere ela estar bem excitada, lubrificada e dessa forma, o prazer só vem a aumentar.

Faça devagar, não chegue já enfiando o dedo até o final, pode acabar assustando-a.

Comece passando o dedo na entrada da vagina, também com movimentos circulares. A entrada da vagina (dois, três primeiros centímetros) também é uma área que proporciona muito prazer, então explore essa área, vá introduzindo o dedo de forma devagar.

Algumas mulheres gostam do movimento do dedo de vai e vem, igual ao movimento de penetração do pênis, mas há mulheres, que preferem que o dedo se movimente dentro da vagina, com movimentos pra frente pra trás, o que pode facilitar o estímulo no ponto G.

8) Observe

Estar atento às reações da mulher é importante pra saber se você está fazendo bem feito e deve continuar assim ou se é preciso mudar o estímulo, ritmo, pressão, etc…

A mulher de alguma forma sinaliza, mantenha contato visual, observe sua expressão facial e corporal, se atente aos gemidos e sons. Quanto mais frequentes, mais prazer está tendo.

9) Mantenha o ritmo

Essa dica é importante frisar.

Quando a mulher estiver bem excitada e você perceber pelas reações do corpo dela que ela está quase no ápice de prazer, ou seja, quase chegando ao orgasmo, mantenha o ritmo, pressão, movimento que você estiver fazendo, não mude.

Por mais que você se empolgue e também se excite por ver-la super excitada, não mude o ritmo, não acelere, não pare, não faça nada de diferente, pois pode acabar quebrando o alcance ao orgasmo.

10) Sugestões de posições para sexo oral nela

- Existem algumas posições mais comuns, como a mulher deitada, de barriga pra cima, podendo levantar o quadril pra facilitar o estimulo de toda a região vaginal.
- A mulher deitada mais na beirada da cama, assim o parceiro pode ficar de joelhos no chão ou levemente agachado.
- A mulher pode ficar em pé, com uma das pernas elevadas, apoiada em algum lugar ou até mesmo no ombro do parceiro, enquanto ele está agachado ou de joelhos no chão.
- Também se tem um bom acesso à região vaginal, com a mulher de quatro e as pernas um pouco abertas.
- Outra posição é a mulher deitada de lado, com uma das pernas levantada e apoiada no parceiro ou em outra coisa que esteja próximo. Nessa posição, o parceiro também pode ficar deitado de lado.
- E por último, existe a clássica posição meia nove, em que ambos estimulam e recebem estímulos.

É importante lembrar, que no caso de usar alguma posição em que alguém fique de joelhos, você pode utilizar alguma almofada para apoio, assim evitam-se dores nos joelhos e articulações, podendo usufruir o que há de melhor no sexo oral.

Bom, essas foram algumas dicas para você fazer bem feito na hora H.

Também considero muito importante o diálogo entre o casal.

Se você está num relacionamento mais estável, podem conversar sobre isso quando acharem um momento pertinente.

Mas se estamos falando de uma transa casual e as vezes não da tempo e nem se tem clima para essa conversa, o ideal é você realmente observar as reações do corpo da mulher para identificar o que lhe agrada.

Estar atento a essas reações serve para todas as situações, mesmo em casais estáveis, assim como também é importante a mulher ir direcionando, orientando o parceiro nessa prática, de forma que lhe satisfaça.

Até porque, ninguém nasce sabendo e mesmo quando já se sabe, não é igual para todas as mulheres, não é?!