Notícias

"Conseguimos avançar em termo de estrutura", diz Secretário de Segurança do Piauí

pousada_ipes Em 2017 várias operações foram deflagradas tanto pela Polícia Civil como Militar. Superando mais de 100 mandados de busca (Foto: divulgação)

 Com o fim do ano de 2017, a equipe de segurança do estado do Piauí faz um balanço das operações realizadas com o sentindo de traçar novas metas para o ano de 2018. Em entrevista a Rádio Verdes Campos Sat, o Secretário de Segurança do Piauí, Cap. Fábio Abreu divulgou as principais ações e fala sobre o uso da tecnólogia.

Em 2017 várias operações foram deflagradas tanto pela Polícia Civil como Militar. Superando mais de 100 mandados de busca e apreensão. O grande foco foi a repressão a furtos de pequeno porte como assaltos a paradas de ônibus, metrôs, escolas e ambientes abertos.

Questionado sobre o atual quadro de crise e seus reflexos na segurança, o Secretário de Segurança do Piauí, Cap. Fábio Abreu responde de forma categórica. “Nós aprendemos na dificuldade, a quantidade de recursos que chega é pouca, mas bem distribuída. O resultado disso é que conseguimos avançar em termos de estrutura, como exemplo o aumento no quadro de policiais do litoral e construção de novas delegacias”, explica.

De acordo com ele, ações no campo tecnológico têm contribuído para diminuir a atuação de grupos criminosos. Recentemente foi criado o botão do pânico para mototaxistas, taxistas e clínicas de Teresina. Onde ao acionar o botão a equipe da Policia Militar é rapidamente comunicada, proporcionando agilidade ao processo de captura. O projeto deve ser estendido ao transporte público local.
Imagem: Fotografia Vitória Vivian
gdgdfg(Imagem:Fotografia Vitória Vivian)
O projeto deve ser estendido ao transporte público local.

O destaque ocorre em âmbito internacional também, onde americanos levaram para o exterior as experiências com o aplicativo para smartphones “Salve Maria”. O caso de mais recente destaque foi o da mulher que era mantida em cárcere privado pelo marido na cidade de Boa Hora, a 137 quilômetros de Teresina. A mulher apresentava várias lesões no rosto e corpo, devido às agressões do marido.

“A tecnologia está ai para auxiliar o trabalho da policia e dar maior segurança na população.Todos os celulares de modelo android são equipados com rastreadores e localizadores , para sua maior segurança é necessário andar com o localizador ativado. Isso facilita e muito o trabalho da polícia”, esclarece o Secretário de Segurança Fábio Abreu.

Ainda durante a entrevista, o secretário Fabio Abreu tamém falou sobre os crimes envolvendo policiais que entraram na polícia sob efeito de liminares pois não teriam passado nos testes psicológicos. Fábio Abreu afirmou que os policiais envolvidos em crimes como no Caso da menina Emily e da estudante Camila serão punidos na forma da lei. Ele acrescentou ainda que esses tipos liminares passam a ser agora uma preocupação da instituição.