Notícias

Manual da massagem erótica para esquentar as preliminares

pousada_ipes Manual da massagem erótica para esquentar as preliminares (Foto: iStock/Think Stock/Getty Images)

A colunista Cátia Damasceno, do canal Mulheres Bem Resolvidas, dá dicas power para você tirar melhor proveito na transa.

Nossa conversa essa semana é sobre como fazer uma massagem erótica de arrasar. Muita gente nunca fez, e para outras a experiência de ter feito ou recebido não foi lá muito satisfatória. Por isso trouxe algumas dicas muito úteis, destacando não só o que vocês precisam saber para fazer a massagem, como o que não fazer.

Vamos lá!



Temperatura ambiente – não dá pra você querer fazer uma massagem se o quarto estiver frio né, porque aí o parceiro – que, pressupomos, estará nu – não vai entrar no clima. Então prestar atenção se a temperatura do quarto está agradável é um ponto muito importante. Aqui também cabe a dica de sentir a temperatura do óleo ou creme que usará na massagem. Nunca coloque direto na pele do parceiro, pois o choque térmico pode tornar tudo desagradável. Teste antes, espalhando nas suas mãos antes de tocar na pessoa.


Música
– Com certeza a música faz o ambiente, desde que seja a música certa. Fuja das músicas relaxantes, lembre-se que o objetivo é uma massagem mais sensual e não colocar o parceiro ou parceira pra dormir! Então foque em ritmos como Jazz, Blues ou a trilha de 50 Tons de Cinza que é perfeita e COM CERTEZA vai colaborar pra esquentar o clima.


Aroma
– É importante que o quarto esteja com um cheiro agradável. Minha dica é fugir dos aromas muito doces e priorizar os amadeirados (cravo e canela, por exemplo). Você pode recorrer aos aromatizadores e até incensos, tomando o cuidado claro de saber se a outra pessoa não possui alguma alergia.


Toque
– Por fim, outro item muito importante para tornar a massagem realmente satisfatória é o toque. Lembre-se que o objetivo não é fazer carinho, então se você usar a mão muito leve pode virar até cócegas e ai quebra o clima. Se for a mulher fazendo a massagem, a dica é colocar um pouco mais de força nos movimentos e se for o homem, maneirar um pouco para não machucar. A melhor maneira de não errar é ir perguntando ao parceiro se ele prefere que você intensifique ou diminua. Mas claro, isso só no começo da massagem, depois que você pegar o ritmo é só manter!


Ah, dica importante. Deixem as zonas erógenas do parceiro ou parceira para o final da massagem: comecem focando nas costas, ombros… as áreas comuns!